segunda-feira, 22 de abril de 2013

Fábrica de Massarelos no Porto em amostragem

Uma abordagem com peças da Fabrica de Massarelos no Porto que fui comprando, algumas já vendi. Interessante constatar a diversidade das decorações, da textura das massas, dos vidrados, do peso das peças do covo dos pratos.

A Fábrica de Louça de Massarelos é das mais antigas fábricas de faianças do Norte de Portugal...fundada em 1766 por Manuel Duarte Silva . No período de (1766/1819), o combustível para os fornos usado era  a carqueja  sendo a decoração  simples. Entre 1819 e 1845 a fábrica é arrendada a Rocha Soares, proprietário da fábrica de Miragaia e familiar de Manuel Duarte da Silva.
  • A fábrica chegou a produzir azulejos lisos e em relevo, louça sanitária e peças artísticas.
O edifício da fábrica, situado sempre na Rua da Restauração, é consumido por um incêndio em 1920. A produção sai então do local do antigo edifício, e passa para fora de Massarelos, para uma fábrica na Quinta do Roriz, perto da  ponte de D. Maria Pia, nas faldas do Monte do Seminário, junto ao rio, na freguesia do Bonfim. Nesta altura foi comprado por Chambers o dono da fábrica de Alcântara e nessa altura muitos motivos antigos desta fábrica foram de novo pintados em Massarelos. Encerraria décadas mais tarde.

  •  Notam-se caraterísticas de copianço da Fábrica de Alcântara e de Sacavém.
  •  A  minha amostragem é de loiça utilitária.
Pratos  de todos os tamanhos; bule;chávenas;caneca;travessa;forma de pudim e ainda tenho malgas para as sopas de café com florzinhas...mas as fotos estão más, voltarei mais tarde a colocá-las aqui.

Prato marcado da fábrica de Massarelos.Comprado na feira da Costa de Caparica. Custou 10 € depois de fortemente regateado.Na frente tem o emblema "PORTUGAL TORRE DE BELÉM".
Nunca tinha antes visto outro assim igual.
Grande e fundo, emblemático pelo tom de vermelho único na decoração, pesado.
Espectacular.