Faiança motivo flor do morangueiro Miragaia (?)


Ora aqui está mais um pratinho, das minhas peças favoritas.Foi o meu marido que o descobriu no estaminé prostrado no chão. Apesar de muito uso, não resisti a comprá-lo.
  • O vendedor vendeu-mo como se fosse  holandês de Delf!
Na altura por estar acompanhada com uma amiga, ao olhar para ele me diz "não parece antigo"...perdi-me a regatear o preço...

  • Perplexa. Será o meu pratinho português?
Não sou especialista em loiça holandesa. A que conheço é mais leve e porcelana.

Gostei do motivo central: Flor do morangueiro com filetes pintados a um tom mais escuro;  recorte do rebordo em chaveta vastamente pintada por várias fábricas: Rato, Juncal , OAL, Miragaia , Viana, Carvalhinho, Coimbra - Vandelli e,...
  • Faiança de esmalte  levemente anilada com decoração pintada a azul. Na aba, faixa do tipo de "Rouen", com flor entre volutas, alternando com painéis trilobados de fundo azul com meia flor e contas. Bordo recortado com dulplo filete em azul e banda  de flores também em azul.
Fabrico norte (?)
Tenho muitas peças de faiança e o hábito de as comparar para melhor identificação quanto à sua origem. Mote difícil. Este pratinho é um enigma. Apesar do meu estudo ser apenas de horas as semelhanças que atrás apontei remetem-me para um fabrico apurado: arte no rebordo recortado e finura do desenho.
  • Poderá ser uma peça de Miragaia, Darque ou,...
As duas fábricas usaram muito o esmalte estanífero anilado nas suas peças e pintaram contas(bolinhas) .
Quanto a datá-lo outro enigma. Poderá ser do século XVIII ou XIX.
  • O tardoz para mim, assemelha-se a um comum prato de fabrico português.
  • Não conheço este motivo pintado por Coimbra. Mas sim, poderá ter sido fabricado aqui. Será que saiu da mesma fábrica do penico (?) ...depois de horas de o mirar julgo que sim!
norte ou Coimbra ?
Em casa perdi-me a mirá-lo e a comparar um  penico em faiança possivelmente de Coimbra (?). Tais  parecenças senti no esmalte azul/acinzentado e no cobalto da pintura...

Comentários

  1. Olá Maria Isabel
    O seu prato é um requinte. Muito bonito. Pena tenho eu de não a poder ajudar sobre a sua origem, mas como bem sabe eu limito-me a gostar, embora, seja inegável que tenho aprendido muito desde que descobri o seu blogue, o do Luís e Maria Andrade. Muito injusto seria se não se referisse o Manel, que apesar de não ter blogue, nos enriquece com os seus comentários.
    Abraços
    Maria Paula

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria Paula. Muito obrigada pelo seu comentário. Também pela presença assídua, é um prazer sentir a sua continuidade por aqui, apesar de eu não apostar nos posts do cunho de pesquisa que outros aderiram e muito bem.Complemento-me mais no outro blog, a escrever emoções nas feiras e,...

    De facto, este prato apesar de gasto é deliciosamente belo, a pintura é algo infinitamente artístico, único,não saiu de um fabriqueta qualquer.
    É a impressão que sinto sentada no sofá a mira-lo.

    Beijos

    Isabel

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde. Acabo de conhecer seu blogue, também com o bichinho das antiguidades e velharias e peças raras. Não entendo muito mas a mim parece-me loiça de Viana. Será que acerto? Pergunte às imagens do google. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Olá Martagaspar, seja bem vinda ao meu blog. De facto Viana pintou este motivo e o rebordo recortado também foi vastamente usado. O maior quesílio é a tonalidade do esmalte anilado tal como o do penico que parece ser de Coimbra.

    De qualquer das formas vou averiguar a sua sugestão.
    Agradecida. Apareça sempre
    Abraço
    Isabel

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro estas coisas. O bichinho está cá, mas não sou uma verdadeira entendida. Se quiser ir ao meu site ( DESACTUALIZADO, SIM ) omeusotaovelho.com.sapo.pt encontra algumas peças, umas travessas de Viana mas de outra época pois ninguém sabe dizer-me que símbolo este. Domingo há feira de antiguidades e velharias aqui em Valença e agora aparecem imensas tralhas baratas pois toda a gente precisa de dinheiro.

    ResponderExcluir
  6. Cara Marta Gaspar. Espero que tenha ido à feira de Valença, não sei se o tempo por ai esteve de feição, Fiz a feira de Montemor o Novo esteve tempo de trovoada. Vi o seu blog. Deve atualiza-lo,será sempre um testemunho das suas emoções.Conheço colegas que se deslocam a essa feira. Incrível fazerem 500 km. Não sei como compensa!
    É como diz. Agora aparece muita tralha barata...toda a gente precisa de dinheiro. Tenho outro blog onde geralmente escrevo as emoções vividas nas feiras e também sobre os novos vendedores. No meu caso, adoro o buliço.

    Bj

    Isabel

    ResponderExcluir
  7. Olá, Isabel. Foi a ultima vez que aqui vim antes da operação que vou fazer logo. Vou estar ausente por uns tempos. O meu blogue está desactualizado mas o meu site omeusotaovelho.com.sapo.pt ,nem tanto. Aí poderá ver algo que ainda tenho. Quando recuperar dou notícias.Não fui à Feira pois andei cuidando das tralhas dos nossos Animais Abandonados e recolhidos também. Preciso ampliar algumas fotos para partilhar por toda a gente, a ver quem nos ajuda na divulgação. Não pedimos euros. Só vendemos tralhas navas, velhas, usadas, vintage e de tudo um pouco. Inté.

    ResponderExcluir
  8. Olá Marta Gaspar. Boa sorte e um minuto pequenino para a sua operação. Boa recuperação com rápidas melhoras para voltar para o nosso convívio. Vou ver o site, apesar desta semana também ter pouco tempo.

    Coragem, não vai custar nadinha. Vou acender uma velinha aos meus Santinhos e em especial pedira a S. Judas Tadeu intercessão para "tudo correr pelo melhor"

    Beijos
    Isabel

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas