sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Fábrica de Alcântara com motivos do Porto; Torre dos Clérigos e Douro

Encontrei um belo e raro prato em faiança industrial na feira de Pombal na banca do Sr Manuel. Já vendera uns quantos  a outro colega que me confidenciou vendera a bom preço na net, não sei se com marca, apenas ficou este e outro com "cabelo que deixei.
Em tempos já perdera um igual na banca do Sr Pedro na feira de Belém, sopeiro, em tamanho pequeno, muito mais eloquente a decoração, pelo verde forte.Provável fabrico da marca L& C no período  dos finais de 1886 a 1901.
O meu  prato apresenta-se decorado  a estampa em todo o centro com motivos da cidade do Porto; a torre dos Clérigos, a ponte D. Luís com o elétrico( hoje andante), o rio Douro com três caravelas e as caves de Gaia, uma varina e ramagens com flores que absorvem parte da aba.
Pintado em monocromia verde seco mais aberto.
Textura da massa porosa, esmalte opaco branco sujo(?).
Muito decorativo
 Tardoz aparentemente sem marca, ou a terá impressa na massa ao centro, quase imperceptível
A marca deveria ser esta referente ao fabrico por volta de 1930
Fabrico de Alcântara, mas não é pesado.
Agradeço a cortesia da visita e do elucidativo comentário, do Jorge Amaral, criador do Blog temático http://velhariastralhasetraquitanas.blogspot.pt/, sem dúvida a chave mestra para fechar com sapiência o post, sendo que estava erradamente catalogado na Fábrica Real de Sacavém, embora na interrogativa.
Ainda partilhei as duas marcas que ajudam a conhecer melhor a Fábrica de Alcântara.
O meu bem haja pelo carinho da partilha gratuita!

Fontes
http://velhariastralhasetraquitanas.blogspot.pt/

8 comentários:

  1. Cara Isa Coy,

    É sem dúvida um prato interessante, curioso e com uma soberba decoração da INVICTA (Porto).
    Trata-se, provavelmente de uma peça da Fábrica de Louça de Alcântara.
    Para mais informação sugiro-lhe que vá ao blogue velhariastralhasetraquitanas.blogspot.com, e que consulte a postagem "PRATOS DE ALCANTARA, MOTIVO INVICTA, CARIMBO L&C E MARCA CHAMBERS", pois tenta caracterizar, descrever e informar sobre este motivo e esta peça de faiança, tão interessante.
    Continue, que as suas postagens são sempre interessantes e contêm bastante informação para todos nós, amantes das fainaças.
    Cumprimentos,
    Jorge Gomes

    ResponderExcluir
  2. Caro Jorge Gomes, agradeço incondicionalmente seja a cortesia da visita seja da amabilidade prestada na partilha de saberes e de marcas.
    Confesso que apesar da avançada idade ainda cometo o erro crasso de ser apressada, sendo que deveria saber que ela, a pressa, é sempre inimiga da perfeição. Quando comprei o prato senti que era Alcântara, mas na hora ao fazer o post, apressada, sem nada pesquisar avancei, embora na interrogativa com a Real Fabrica Sacavém.
    Bem haja pela partilha. Já emendei o post e acrescentei o seu contributo.
    Continuação de bom domingo
    Cumprimentos
    Isa Coy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Isa Coy,
      É da partilha e da troca de conhecimentos que todos vamos aprendendo, uns com os outros, e que conjuntamente vamos fazendo a história e o registo da faiança portuguesa.
      Temos que continuar a divulgar a faiança nacional, fazer as nossas conjecturas e expor as nossas opiniões, para acolhermos as críticas e sugestões dos companheiros desta deslumbrante divulgação.
      Continue,
      Boa semana.
      Jorge Gomes

      Excluir
    2. Bem haja Jorge Gomes pelo carinho exarado nas simpáticas palavras neste mundo temático que nos apaixona, as faianças. Comungo exatamente o que diz.
      Retribuo votos de boa semana
      Isa Coy

      Excluir
  3. Cara Isabel, sou um anónimo que consulta com regularidade
    O seu blog o que muito aprecio as várias temáticas da faiança portuguesa. O Prato e lindo e faria as minhas delícias se o visse a venda não me escaparia. Noto só que a ponte D Luís I nunca foi ferroviária, mas sim a Ponte D.Maria I. A ponte D.Luís I teve no seu tabuleiro superior o eléctrico até a década de 30 do século passado. Um bem haja pelo seu blog. Leonel Ferreira

    ResponderExcluir
  4. Retifico. ponte D Maria Pia e abolição dos eléctricos década de 50 do século passado. Teclados e retificação de textos as vezes são do piorio ;)

    ResponderExcluir

  5. e agora tem o "andante"

    ResponderExcluir
  6. Caro Leonel Ferreira bem haja pela cortesia da visita e pela partilha, irei emendar.
    Cumprimentos
    Isabel

    ResponderExcluir

Souvenir da Fábrica Cesol de Coimbra

Caneca da Fábrica CESOL de Coimbra anos 50. Pintura monocromática em castanho . Imagem de Nossa Senhora da Rocha dentro de um coração en...