Réplica século XVII da Fábrica Viúva Lamego

Em jeito de endereçar votos de Boas Festas para todos os visitantes apresento um prato da Fábrica Viúva Lamego, anos 64, a fazer fé na data impressa no tardoz, ainda produzido na antiga fábrica sita às Laranjeiras em Lisboa, onde depois viria a ser construída a Universidade católica. Tenho um amigo com mais de 60 anos que viveu nas imediações e com os colegas brincavam à volta dos buracos (barreiros) de onde extraiam o barro vermelho para uso no fabrico.
Dedicou-se tal como outras congénitas a fazer reproduções de decorações de séculos anteriores ao género deste que retirei do Livro de cerâmica de Coimbra, século XVII..
Fragmento de faiança encontrado em Torre de Mocorvo pelo meu amigo Prof. Arnaldo Silva  atribuído a Coimbra, com rendas.

O prato apresenta-se pintado a duas cores:azul e vinoso, sendo que o centro encerra um coração trespassado, com floreados em cima e rodapé, o início da aba  é decorado por um conjunto de três filetes em balancé , sendo o primeiro e o último em azul e o do centro a vinoso que na aba se abrem  sobre eles rendas a azul e vinoso.O rebordo em filete azul.

Que este coração vos encha de alegrias na saúde com bons olhos para derreter pestanas em boa faiança portuguesa, são os meus votos

Comentários

Postagens mais visitadas