Faiança de José Reis Alcobaça (?)

Caros visitantes e amigos com o gosto pelas velharias-, regressei de férias finalmente!
  • Da feira da Quinta da Burgueira comprei na banca do Carlos e da Dulce duas peças que me encantaram logo que as vi...tive de fazer dinheiro para as comprar.
Apresento uma pequena travessa com motivo "casario" pintada em tom azul e aguada da mesma cor.
Interessante o casario apresenta cada faixada de casa pintada -,o que me catapultou para a época da guerrilha dos irmãos pelo trono de Portugal -, D Pedro e D. Miguel-, nessa altura pintaram-se pratos com as Armas de Portugal coroadas sendo que metade foi pintado deste meio jeito das casas, a talhe de memória do momento que então se vivia em meados de 1834 com a divisão pelos apoiantes Miguelistas e Absolutistas.
  • A aba da travessa apresenta uma decoração fina e singela em estampa caraterística de Alcobaça introduzida pelo José Reis.
A textura da massa , os buraquinhos e o esmalte reportam fabrico para finais do  século XIX .
  • Quanto ao centro de fabrico é mais problemático afirmar com certezas. Aparentemente parece produção de José Reis pelos traços identificativos dos ramos das árvores, o modo alto do casario e até o rodapé . 
A sê-lo, no meu modo de observação seria no tempo que esteve em Coimbra - onde o azul foi rei e a aguada. Já em Alcobaça os tons utilizados por ele eram mais desmaiados, ou de cariz forte, no meu dizer  "cores do burro quando foge..."belas, sem dúvida, mas diferentes da matriz primária da palete habitual-azul cobalto, ocre, verde cobre e manganês.Eis o busílis!

  • Comprei também este prato em motivo cantão popular. Que merece tal como a travessa o seu próprio post.

Comentários

Postagens mais visitadas