Sacavém açucareiros motivo "cavalinho "

Comprei dois açucareiros motivo "cavalinho" em dois tamanhos diferentes pela piada de serem em forma de terrinas minúsculas que confere às peças uma graça intemporal - acredito para os amantes desta loiça da Fábrica de Sacavém quando em bom estado deve ser uma delícia ter exemplares nas suas coleções. 
No caso comprei a mais pequena para oferecer à minha filha para a sua nova casa que no enquadramento que preservou deixar em "tijolo burro" enquadrada com estruturas de madeira em jeito "gaiola" acho ficará muito bem...

 
Segundo um amante e especialista na Loiça de Sacavém HC - "a pega não é original, foi um restauro muito mal feito. As pegas normais têm um formato diferente, igual às pegas das tampas das terrinas. Por outro lado, vê-se um círculo a toda à volta da carrapeta que não deveria existir."
Um açucareiro completo
 
Um bule com a pega
A marca impressa revela carimbo de 1870-1880 segundo a lista de carimbos que outra apaixonada por esta loiça - A Marília Marques teve a cortesia de me enviar fotos -, desde já agradeço o carinho.
                                             As duas tampas - só a pequena tem pega e adaptada
Açucareiro com carimbo de 1863 - 1870 mais antigo que o primeiro pintado a séptia
                    
Segundo o meu amigo HC- especialista nesta loiça e com vasta coleção - só de primeira qualidade, me avançou se tratar de açucareiros. O mais pequeno tem por dentro uma aureola amarela que pode ser resultado de anos a fio de açúcar amarelo que ali caramelizou (?).
Outro amigo o Fábio do Brasil aventa a hipótese de se tratar de terrinas para crianças.No link que menciona no comentário a terrina tem decoração alusiva a crianças e neste caso sendo este padrão "cavalinho" não me parece apropriado para crianças. Mas nunca se sabe...Fica lançado o desafio!
Imediatamente haveria de ser tal suposição desfeita pelo Hector C um amigo de bom gosto estético e apreciador desta Loiça de Sacavém - , sobretudo da decoração "cavalinho" gentilmente teve a cortesia de me enviar fotos do seu açucareiro em azul com a pega original com 14 cm de comprimento e a 2ªmarca (1863-1870).
Assim com tamanha amabilidade deste amigo o post fica engrandecido. Muito me honra tal destaque de amizade que desde já agradeço e muito.
Bem haja HC pela disponibilidade, e Parabéns -, o seu açucareiro é por demais encantador pela graça de ser uma peça completa - de coleção -, também pela cor azul que lhe confere um destaque de beleza ímpar só igualável ao seu espírito humano, índole de boa pessoa, cujo olhar doce e quente em tom castanho, tanta paz acredito, transmite de cordial a quem consigo trava conversa.

Comentários

  1. Olá Maria Isabel, parabéns pela aquisição, nunca tinha visto, muito fora do vulgar. Bjo, js

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Isa, obrigado pelo elogio "amante e especialista", mas a verdade é que também estamos sempre a aprender. Penso ser difícil saber mesmo sobre tudo sobre determinada marca. No início cheguei a ser enganado por alguns vendedores, mas agora a história é diferente. Para mim o motivo Cavalinho/Estátua é o mais bonito e interessante. É claro que tenho açucareiros, um redondo em preto e outro com este formato de terrina em azul. Com a pega correta. Vou fotografar e enviar-lhe para ver. Um beijo, H.C.

    ResponderExcluir
  3. Olá JS muito obrigado pelo seu comentário.Gostei de o ter surpreendido ...nunca tinha visto, eu também nãoooo....foi outro amigo que me disse que a peça era um açucareiro. Esta partilha é o mais interessante que se vive nestenmeio à semelhança do aprendizado.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Caro HC muito obrigada pelo seu comentário e pela cortesia da visita que muito me estima.Faltou acrescentar no post o nome...fiquei sem saber se isso o incomodava...sou atrevida, já percebeu...mas moderada. Fico na espera ...da autorização se posso ou não acrescentar o nome.
    Agradeço o envio das fotos que se autorizar posso aqui colocar para mais correta informação dos demais
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, a ver se não me esqueço da foto. Acrescentou o HC ao post, não tem problema. Mas na minha resposta ao Fábio fui um pouco mais longe. Bjo.

      Excluir
  5. Olá,Isa
    Belissimo
    Sem duvida um açucareiro fora do vulgar
    Tenho uma terrina de Sacavém,mas falta-lhe a tampa
    Muito antiga e preta de cavalinho também
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Olá Maria Isabel,
    Belas peças. Mas permita-me uma questão -- não poderiam ser terrinas de jogos de jantar de brinquedo, para meninas?
    Sei que este tipo de jogos de brinquedo foram produzidos na Alemanha e na Inglaterra, e até mesmo aqui no Brasil. Eu mesmo tenho uma sopeira (terrina) de jogo de brinquedo da fabricação brasileira, que pode ser vista neste link,e já fotografei em um brechó um jogo de jantar de brinquedo completo, que pode ser visto neste outro link.
    Talvez este tipo de louça de brinquedo tenha sido também fabricada por Sacavém, o que no meu entender tornaria ainda mais invulgar estas peças que você nos apresentou.
    b'jinhos!
    Fábio

    ResponderExcluir
  7. Cara Maria
    Obrigada pela cortesia da visita.
    Muito obrigada pelo seu comentário.
    Bom fim de semana
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Caro Fábio muito obrigado pela cortesia da visita e das achegas na informação.
    Contudo a indicação de se tratar de açucareiros foi dada por um especialista da Loiça de Sacavém - mas o desafio fica aberto.
    No caso acho a decoração muito pesada para crianças. Mas gostei muito de saber que se fizeram a pensar nelas com desenhos numa de desafio e criatividade dos pintores.
    Bom fim de semana
    Bjs
    Isabel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, concordo consigo sobre a decoração ser muito pesada para uma peça infantil. E se um expert falou, está falado!
      b'jinhos

      Excluir
    2. Fábio, atenção que por vezes até os "experts" podem falhar! Mas neste caso não estou enganado. Estas 2 peças da Isa são açucareiros. Tratando-se de peças para crianças, os motivos eram muito mais suavizados, não eram muito preenchidos e as cores eram alegres. Tenho um serviço de chá com o motivo Metz, todo em preto, e com a 2ª marca de Sacavém. O formato do açucareiro é o mesmo. Por outro lado, tenho peças feitas para crianças e até um serviço de café miniatura (tudo de Sacavém) e estas peças demonstram criatividade e cores vivas. Pode ser que Sacavém até tenha produzido terrinas pequeninas para crianças, mas até hoje ainda não tive a oportunidade de encontrar. Abraço, Hector

      Excluir
  9. Caro Hector muito obrigado pelo esclarecimento que corrobora também o meu pensar.
    No caso,o mais pequeno tem por dentro uma aureola amarela que acredito seja de açúcar amarelo que ali ficou anos a fio até cristalizar.
    Mas o mais importante foi saber que são açucareiros - sozinha não chegava lá,só por isso agradeço a informação com carinho
    Beijo
    IC

    ResponderExcluir
  10. Caro Fábio
    Da discussão nasce a Luz. Por isso é tão importante a partilha e o diálogo.
    Olhe vou mesmo agora alterar um post que achei no meu ajuizar precipitado Coimbra, sendo Alcobaça de José Reis.
    Este aprendizado do conhecimento só é possível com pessoas que se envolvem no tema e dele são amantes como nós que por aqui andamos nestas tertúlias.
    Beijo
    Isabel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, esta troca de conhecimentos e informações, em que todos vão aprendendo e crescendo, é o melhor da blogsfera.
      b'jinhos

      Excluir
  11. Olá Isa, esta noite já lhe envio as fotos.
    Bjo
    Hector

    ResponderExcluir
  12. Caro Fábio, tem toda a razão e muito obrigado por repetir a visita.
    Beijo
    Isabel

    ResponderExcluir
  13. Olá Hector, Muito obrigado, o post tem feito sucesso, claro com as suas fotos vai ficar engrandecido e de que maneira.
    Vim cansadita de S. Martinho do Porto
    O melhor da feira - um homem abeirou-se de mim e perguntou-me se era a bloguista da Exposeste.Com cara de espanto ainda me diz - Parabéns, a sua escrita tem melhorado muito...
    São estas partilhas o sabor de um dia bem passado
    Desculpe o desabafo...senti o seu sorriso tímido...sou malandreca...
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Ola amiga malandreca :-) gostei muito dos açucareiros, ainda não tive a sorte de me cruzar com nenhum em bom estado e bom preço (acontecimento quase impossivel) lol! Como deves saber gosto muito de Sacavem e as peças mais antigas, são as que mais me "chamam"! Desculpa não ter aceitado o convite da Feira de S.Martinho mas ando muito preguiçosa...estava um dia de sol mas frio e não apeteceu sair do "ninho", quando te encontrar explico te melhor, aliás nem vais precisar de muita explicação porque vais entender de imediato! :-)
    Já li o post no outro blog e vou aproveitar para comentar aqui, tenho saudades das feiras e de algumas pessoas que referes nos teus posts...não cheguei à muito tempo desta ultima "viagem" e vou ficar por uns dias bons pelo que espero encontrar te por aí num desses dias apaixonantes, já que agora pareces estar mais dedicada a minha zona! E no proximo Domingo? Será onde a romaria? Um beijinho e um abraço apertado, ah e tambem gostei da tampa.....muy hermosa! ;-)

    ResponderExcluir
  15. Eu aqui de novo Isabel, com tudo isto esqueci-me de referir o que me levou a comentar, falas de um carimbo de 1855, que carimbo será esse amiga? Se não me falha a memoria parece me que o primeiro carimbo da Fabrica de Sacavem é do periodo (1856-1861) e é um carimbo redondo que tem a iniciais do fundador "Manuel Joaquim Afonso" ao centro. Amiga, não quero com isto dizer que não seja uma peça dessas que tenhas, mas se for guarda-a bem pois é um carimbo bastante dificil de aparecer! Parece me que me lembro de ver uma gralha quanto à data deste carimbo no Dicionario das Marcas, aquele de capa verde e talvez venha daí a confusão, se for o caso disso claro! Um abraço muito grande amiga e continua a escrever, faz te bem e é sempre bom ver as peças bonitas que vais "desencantando" por esse País fora...

    Marília Marques

    ResponderExcluir
  16. Querida Marília muito obrigada pela cortesia da visita e pelos extensos comentários e pela força de continuar a escrever...matei saudades tuas, no sábado na feira da ladra estive com o Sr Tiago o marido da D. Gina que tão bem conhecias,falecida há um ano ...dizia ele agora é que lhe sinto a falta, mandou fazer uma foto enorme que pós na escada da vivenda...dizia-me "acha que alguma mulher morava comigo com aquela foto ali tão grande?"....

    Sobre os carimbos baseei-me num folheto sobre a fábrica de Sacavém que alguém me ofereceu há anos. O 1º carimbo é de 1850 em redondo; o 2º também redondo com a coroa é de 1855 e o 3º de 1870 é o meu.
    Acredito será da mesma fase do HC que gentilmente me endereçou fotos do seu e diz ser a 2ªmarca (1863-1870). Este amigo é tal como tu um apaixonado desta loiça.

    No sábado se não chover faço Setúbal, penso fazer Caldas Rainha no 2 domingo.

    Fazes bem ficar no quentinho...a gozar o melhor desta vida que tanto mereces. Espero que a tua mamã esteja bem. Beijos minha querida
    Isabel

    ResponderExcluir
  17. Ola querida, deve haver aí uma confusão qualquer, a Fabrica de Sacavém só foi fundada em 1856 pelo português Manuel Joaquim Afonso que a "conduziu" até 1861 sozinho, a partir daí entram "os Ingleses" na história e estes acompanham a fabrica até ao seu termino, mais de um seculo depois, passando por varias fases, varias "cabeças" e por conseguinte varios carimbos.... (maneira facil de falar de mais de um seculo de história :-) )
    Vou tentar enviar te os carimbos de uma publicação mais fiavel/recente do Museu.

    Irei visitar te às Caldas é mais perto de mim... gostaria de ir à Ladra rever o "pessoal", se for aviso te!

    Beijinho grande

    Marília Marques

    ResponderExcluir
  18. De regresso a blogosfera nao poderia deixar de visitar a minha querida Isabel!!! Espero que se encontre bem!!

    Lindo açucareiro! Invejavel !
    Optima continuação querida!!


    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Caro Flávio muito obrigado pela cortesia.
    Confesso que tem dias que me lembro de si, inclusive até pensei que algo de mal lhe tinha acontecido...logo tal assunto nefasto desfeito porque vi que continuava a ver o blog ...Pois!
    No domingo fiz a feira de S. Martinho do Porto,lembrei-me de si.Por cá está tudo bem sim, muito obrigado, espero consigo e família também.
    Um grande beijinho meu amigo
    Isabel

    ResponderExcluir
  20. Marilia
    Está tudo bem?
    Já nasceu o seu bébé?
    Santiago,não é mesmo?
    Está vendo ,menina que voltou a sorrir?
    Tristezas passam rapidinho mesmo,né?
    cumprimentos
    Beijinho ao nenem e para a mamãe

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas