Faiança de Fervença ou Vilar de Mouros (?)

Os areeiros eram usados por gente de posses que escreviam com pena ou canetas de aparo num tempo em que os tinteiros também eram em faiança, vidro, latão ou cobre.
  • Por isso a raridade das peças. Mesmo assim ainda se vão vendo alguns de vez em quando nas feiras.
O nome advêm da utilização da areia que se espalhava sobre a escrita como se fosse mata borrão.
Este areeiro apresenta esmalte especial pintado em azul sob uma  pintura estampilhada  a tarja em aguada azul  debruada  a filetes em azul. Atribuído o seu fabrico a Miragaia (?), apesar de não marcado, cortesia da minha amiga Isasay.
  • Depois de ver um MUITO SEMELHANTE no Museu Soares dos Reis , as dúvidas, será  que se trata de Fervença ou Vilar de Mouros (?).
Marcado para venda  120€.
Vitrina de faiança de Fervença no Museu
A diferença está no formato em cima são direitos enquanto os de Miragaia são mais para o côncavo. 
  • Fotos  retiradas do Matriznet para comparação:
 assinado "R" Miragaia

Viana, assinado "V"
 As duas peças pertencem ao Museu Nacional Soares dos Reis
  • Em manganês  Miragaia
  • detrás azul forte e mais claro Afurada? 
  • do lado direito em flores amarelo Darque

Comentários

  1. Olá Maria Isabel, se fosse no facebook, faria um like... Permita-me fazer uma pequena correcção, sobre a pintura estampilhada foi feita a tarja em aguada azul. Se fosse esponjado notar-se-ia o efeito. Obrigado, abraço, js

    ResponderExcluir
  2. Olá JS, muito obrigado pela dica.Eu sabia que não era esponjado, mas mesmo assim por falta do nome apropriado fui tentada a escrever - na certeza que alguém, no caso do meu bom amigo me dar mais este conhecimento que sabe muito agradeço.
    Bem haja por estar atento.Vou claro, alterar.
    Bom fim de semana
    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas