Encomenda do Estado Novo à Fábrica Sacavém para a Exposição Mundial Portuguesa

Há que tempos ando para fazer mais um post sobre Sacavém - no caso motivo "Espigas". 
Deu-me o mote o post da MARIA PAULA com um belo prato alusivo às Províncias ultramarinas que por acaso vi um  igual à pouco tempo numa feira da Linha, não comprei porque na verdade apesar de ser bonito só diz algo a quem conheceu essas terras, e delas nunca se esquece - no caso já tenho dois - é que há muito que tenho de reprimir aquisições, pois já os tenho de vender!
 
Partilho a informação de uma senhora de cariz inteletual numa feira em Ponte de Sôr " trata-se de uma encomenda mandada fazer à fábrica pelo Dr Oliveira Salazar, no Estado Novo, com a temática das atividades, usos e costumes  em : Portugal, Ilhas Adjacentes e Províncias Ultramarinas "  para a exposição Mundial Portuguesa que decorreu em 1940.
  • Os pratos sejam rasos ou de sopa apresentam a aba  em conchado côncavo, e no remate da bordadura  espigas em relevo alusivas ao pão sob pintura de várias tonalidades: verde ; castanho torrado, azul bebé, cor de rosa ( tenho um com esta cor e sem decoração ao centro, e recordo ver na casa do meu bisavô todos brancos sem estampa só com as espigas).
Posteriormente foram feitas versões com decorações estilizadas: barco à vela; patos; raminho floral e,...

Curioso nem sempre o motivo abrange o covo na sua totalidade - no caso confere a meu ver maior graciosidade do que um círculo restrito.
                                                
  Prato alusivo ás províncias ultramarinas
  • Tenho vários com motivos africanos: aldeia com mulheres e bacia de mandioca; homens a manobrar piroga; girafa;caçada ao hipopótamo e aldeia com palhotas, pessoas e animais.
  • Todos marcados
  • Decorações alusivas ao Continente,Portugal
Ceifeiras; Flores
Tenho um de Caçadores
Ando á procura da Pesca milagrosa.
Há produção mais recente com pinturas estilizadas, patos e flores...

  • FÁBRICA SOARES DO REIS NO PORTO
  • Prato com formato e decoração alusiva a Portugal não é de Sacavém 
Será da fábrica Soares dos Reis do Porto - perdi a foto de um igual marcado - só o mostro aqui para poderem analisar o tardoz como é totalmente diferente o formato, e por isso importante para se tirarem conclusões.
Não está marcado

Comentários

  1. Olá D. Isabel, já aprendi mais uma coisa nova consigo! Adorei conhecer estes pratinhos de Sacavém.
    Tenho um blogue, quando puder visite: Antigamente era assim...Beijinhos, Cintia

    ResponderExcluir
  2. Olá Cíntia que alegria vê-la por aqui. Gostei de saber do seu blog para nele mostrar as suas peças, foi assim que eu comecei.
    Pois não tenho ido a Alcochete...ontem estive na feira de Montemor o Novo...fraquinha - o calor era insuportável, de manhã além de nevoeiro na viagem estava frio...

    Beijosss
    Isabel

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas