Penico em faiança motivo casario de Alcobaça (?)

Perto de Sta Apolónia parei num armazém de velharias - fui espreitar. O meu marido viu o penico dentro de um armário, chamou-me - "está aqui uma coisa que tu gostas"...pois estava - adoro penicos!
Penico pequeno geralmente  chamado "penico do menino"...só os havia nas casas abastadas, nas outras o penico era um luxo...

Faiança em barro vermelho. Esmalte  lácteo com buraquinhos e arrepiados. Fabrico atribuído a finais do século XIX pintado à mão, motivo casario (?) típico à época ladeado de árvore e rodapé em esponjados, do outro palmeira e um ramo. Ainda filetes em azul: rebordo, abaixo deste e, sobre o pé. Asa elegante com frete ao meio.




Muita semelhança na pintura desta  minha bacia - falta-lhe a palmeira por falta de espaço (?)  em barro branco - curiosamente a bacia tem no tardoz um borrão que parece OAL.
 Atribuo o penico pela semelhança da taça a Alcobaça  atendendo ao formato da aba direita mais visível no tardoz, do casario em altura e do rodapé em aguada.



























Comentários

  1. ISA
    VAI DE FÉRIAS?
    MEU DEUS,VAMOS FICAR SEM AS SUAS FOTOS?
    Vai ser uma tristeza, amiga.
    Adoro vir aqui ao seu blog.
    Quanto tempo vamos ficar sem os seus posts?
    Bem,descanse muito e fique com Deus
    Mas não demore muito,está bem?
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. E verdade
    Esqueci de comentar
    O penico e muito bonito
    Tambem adoro penicos
    Tenho 2,mas...brancos, da fabrica de Sacavem
    Essa foto do móvel com os peniquinhos e os pratos está simplesmente belíssímo
    Também gostava de ter pelo menos 2 pratos desse desenho azul
    Abraço,amiga

    PS-posso chamar ,amiga,certo? :)

    ResponderExcluir
  3. E verdade
    Esqueci de comentar
    O penico e muito bonito
    Tenho 2 de Sacavem,mas...brancos
    A foto do movel com os peniquinhos e os pratos está simplesmente belíssimo
    Um abraço,amiga
    PS.Posso chamar amiga,certo?:)

    ResponderExcluir
  4. Olá caro ou cara Anónima...
    Pode considerar-me amiga sim!
    Tinha um penico de Sacavém igual ao seu...mas foi roubado de uma das minhas casas...

    Daqui a uns dias estou de volta...não passo sem escrever
    Um abraço, amiga (0)ehehehehe

    Isabel

    ResponderExcluir
  5. Olá bom dia amiga Maria Isabel,
    Agradeço, uma vez mais, o seu cuidado e comentários esclarecedores (talvez sendo chato pelos agradecimentos em excesso, acho que devemos agradecer o que nos é oferecido gratuitamente [e por vezes mesmo o que pagamos]seja dos amigos, conhecidos, desconhecidos e da natureza que nos rodeia (agradecer o sol, a chuva, o cantar dos pássaros....).
    Quanto aos penicos, embora seja um utensílio que possui um certo desprestígio, está associado à cultura e evolução da nossa sociedade, bem como à história da faiança portuguesa, pelo seu formato, pela sua decoração e pelo seu local de produção ou manufactura. Além disso possui sempre a sua graça porque associamos sempre à sua função, se bem que não é nada mais que uma caneca ou almoçadeira grande.
    Mas o meu gosto cai sempre para os pratos, não só pela sua função, mas pela diversidade e alegria cromática, que aliado ao desenho perfeito das flores, demonstra uma capacidade exímia dos velhos mestres no domínio dos materiais e técnicas limitadas que dispunham. Mesmo hoje seria difícil de encontrar quem elaborasse os mesmos produtos com as técnicas existentes...
    Um grande abraço de boas férias, até breve,
    jorge saraiva

    ResponderExcluir
  6. Caro amigo Jorge Saraiva. Muito obrigado pelo seu comentário. Somos parecidos no gosto da faiança. Os penicos...é como diz e bem...de vez em quando tenho de mostrar algo diferente para não cansar.
    Vou confidenciar um pensamento desta última noite durante uma insónia daquelas...
    Pensei no regresso fazer um post dedicado a SI - À LOIÇA DA SUA TERRA - AVEIRO ... ao tempo que o prometi...na minha cabeça estive a selecionar as peças para ver se adormecia..tipo contar carneirinhos...lembrei-me de duas peças da fábrica Artibus,outra peça de faiança sem marca, pela decoração e textura julgo não me deixa margem de dúvidas,agora nas férias vou nas outras casas tentar fotografar algo que ainda aqui não mostrei...
    Retribuo o grande abraço
    Isabel

    ResponderExcluir
  7. Olá Maria Isabel, agradeço a sua amabilidade, mas agora pensar em mim numa noite de insónia....(estou a brincar..), mas daqui da minha zona, as fábricas pelo qual tenho mais consideração são a Aleluia e as Faianças de S. Roque, esta última por ter ainda conhecido o Mestre João Lavado (infelizmente na sua fase final de vida). Mas poderá consultar este documento que descobri na net: http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/1223394764P3rXB4nf5As64EQ1.pdf
    Grato pela atenção, boas fotos e boas férias, um abraço, jsaraiva

    ResponderExcluir
  8. Olá JSARAIVA.Sou franca - contei a verdade. Esta franqueza na minha idade já deveria ser modelada, mas tem dias que não consigo - quando sei que estou a falar para pessoas de bem.Coisa de instinto. Vou ver o link que me endereçou.
    Vou ter de andar com as peças de "cu para o ar" para ver se tem a marca de fabrico...sei que tenho algumas peças de S. Roque, agora Aleluia, julgo que não, a minha mãe teve!
    O que conta é a intenção de o fazer especialmente a pensar em si. Tenho um amigo a viver na Alemanha cujo avô e um tio foram pintores, ele lembra-se de muitos azulejos e outras peças que na herança desvalorizaram...
    Estou a preparar-me para ir de mini férias...apesar do mau tempo - estou chateada à brava!

    Ah...não sou amável por ser...gosto de pessoas, especialmente de si, comungamos o mesmo feitiço no gosto da faiança.Admiro saber que aqui vem espreitar, comentar, ensinar, dar palpites e sobretudo embutir estímulo no meu ego de grandeza emocional, embora lírica - fazer um livro sobre faiança!
    Por tudo isto, apesar de ainda virtual, é um amigo de verdade, porque está sempre presente...sempre!
    Nas minhas insónias elevo o pensamento para assuntos de boa natureza - o espírito abre-se, sou muito sonhadora, faz-me sentir bem...acabo por chamar o sono!

    Um abraço
    Isabel

    ResponderExcluir
  9. OLá Maria Isabel,
    Obrigado pela franqueza... e pela amizade.
    Bom desejo-lhe umas óptimas férias e já agora, lá por ter a admiração pelas Faianças de S. Roque e da Aleluia, considero a faiança mais bonita, pelas cores e pelos seus desenhos estilizados, a de Coimbra, que (sem dúvida) inspirou outros produtores do resto do país.
    Abraço, jsaraiva

    ResponderExcluir
  10. boa noite Maria Isabel
    Gostaria antes de mais de felicita-la por este magnifico blog.sou um jovem apreciador de todo o tipo de velharias,e a um tempo atras encontrei um bacio(ou penico)em fainça fina todo em cacos,(marca orquidia porto) num quintal dum familiar meu,resolvi dar lhe "vida" juntando todas as peças como se de um puzle se trata se,e coclocando o como adorno na minha casa de banho acontece que ,como se trata duma louça um pouco grossa nota-se as emendas no sitio onde levou cola, gostaria de saber se existe algum produto no mercado que me ajude a disfarçar os sitios onde esta esbetonado e onde se notam as emendas

    obrigado

    ResponderExcluir
  11. Seja bem vindo ao meu blog Bruno Sousa. Desculpe só agora responder...são as férias.
    Muito obrigado pelos elogios que me dirigiu. Exagerou!
    Em matéria de restauro estou no escalão zero...infelizmente não se vêem por aqui neste meio blogista gente da especialidade a dar dicas sobre o tema. Eu própria já pedi uma vez um orçamento e nunca me foi dado, outra vez a uma pessoa conhecida pedi ajuda igualzinha à que me solicita...não obtive resposta. São poucas as pessoas que abrem o seu jogo - isto é ficam com os trunfos na manga. Eu sou um livro aberto adoro partilhar os saberes.
    Há no mercado da especialidade de produtos para obras em casa uma massa fina para tapar buracos de fendas e de pregos para depois se pintar as paredes sem irregularidades. Tente uma dessas para reparar o seu penico e depois de secar passe uma lixa fina até modelar a gosto . Acredito que o seu penico mesmo em mau estado não deixa de exalar um brilho especial na sua casa de banho a servir de floreira por exemplo - o mesmo que fiz com alguns dos meus.

    Espero ter ajudado.

    Um abraço
    Isabel

    ResponderExcluir
  12. Bruno Sousa ...esqueci-me de referir - depois da lixa passe um verniz das unhas incolor.
    São as minhas pobres dicas...o que faço nos meus retoques.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas