Chocalhos em latão



São seguramente as primeiras peças que comecei por comprar, já lá vão 30 anos...
Ainda me lembro de ver as ovelhas e cabras com eles à volta dos pescoços, sobretudo do ruído característico, sonante, relaxante no ritual do pastoreio da erva rasteira no adro da capela mesmo à frente da minha casa, já na primavera adorava os borregos e cabritos pequenichotes com apêndices pendurados no lugar dos chocalhos e ainda restos do cordão umbilical seco,de pernitas trolhas a cambalear...
Alguns chocalhos tem coroas gravadas
Há anos que não os vejo pelas feiras...

  • Os chocalhos grandes de fivelas em cabedal trabalhadas a canivete pelos pastores.

Comentários

  1. Ai Maria Isabel, adoro estes chocalhos, são lindíssimos, e fazem-me regressar à minha infância e ao pouco tempo que passei em casa da minha avó!
    O som era relaxante e quando ia com a cabra pastar até ao monte sabia sempre onde ela estava pelo chocalhar que ouvia, e que era diferente do das outras.
    Obrigado por me fazer regressar à minha infância e a um tempo que gostei de viver.
    Bom final de semana
    Manel

    ResponderExcluir
  2. Olá Manel
    Que saudades de si...tantas!
    Bom saber que também gostou dos chocalhos.
    Bom foi partilhar estas recordações boas da nossa infância
    Bom fim de semana
    Beijos
    Isabel

    ResponderExcluir
  3. Olá Isa
    Nunca tinha visto chocalhos assim.
    Sabe que tenho muito pouco, de passado rural, ou melhor dizendo, do rural português. O meu rural é de outras latitudes, e de facto não tenho memórias de certos objectos e sons frequentes aqui. Isto não significa, que não os aprecie e que não me deleite com eles.Vou comprar um gravador digital, para começar a gravar os diferentes sons, que vou ouvindo, quando saio em caminhadas por esses montes e aldeias.
    Na última que fiz, na serra de Montemuro,(lembrei-me de si, pois sei que também por lá andou há pouco tempo)encontrei vários rebanhos,e o sons dos chocalhos deixou-me maravilhada;é lindo e relaxante.
    Beijinhos
    Maria Paula

    ResponderExcluir
  4. Maria Paula...que bom...esta coisa de comentar
    Não é que foi a Montejunto e se lembrou que por lá andei à pouco tempo!
    Fantástico, direi enriquecedor esta troca gratuita e amável de partilhar
    Fico feliz a cada dia que passa com as minhas amizades virtuais...no entanto sinto não o serem, antes, mais do que reais!
    Beijos
    Isabel

    ResponderExcluir
  5. :)
    Isa!
    Escreveu sobre Montejunto, e eu que às vezes consigo ser cabeça no ar, apanhei-me em Montemuro, e logo pensei na Isa.
    Vale a confusão, pela lembrança dos amigos.
    Um beijo
    Maria Paula

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas