Prato em artesanato algarvio



Este prato comprei-o na feira de artesanato em Santarém
Em Outubro, no festival gastronómico, há roda de 30 anos
Logo nos primeiros, ainda não tinha nascido a minha filhota e já tem 28 anos
O artista era algarvio, além deste comprei outro que ofereci á minha irmã pelo Natal em tons de amarelo com cenas do campo
O mais interessante é que sou muito esquisita nos motivos de pintura actuais
Este prato e o outro eram únicos,nunca mais vi nada igual
Tem um brilho fenomenal, e o motivo da casa, é lindo
Mas sabem porque o comprei?
Pelas piteiras!
Quando andava no Externato António Soares Barbosa, um belo dia numa aula de português ao analisarmos um texto que falava de piteiras à borda da estrada empoeiradas,fomos questionados pela Professora D. Ilda sobre o que seriam piteiras...
Todos alvitrávamos que seriam ervas....ninguém disse que era um tipo de cacto de grande porte...nem conhecíamos!
Conclusão?
Ganhámos todos o mesmo castigo, escrever 50 vezes a denominação de piteira inscrita no dicionário...
Plantas das amarilídea das amarilidácias de folhas espessas....
Já não há Professores como antigamente!

Comentários

  1. Olá Isa
    Seja bem regressada às suas lérias e velharias.
    Já ontem á tarde andei por aqui a tentar deixar um comentário, mas, talvez, por estar a trabalhar no pc da minha filha,a única coisa que era capaz de fazer era sistematicamente apagar o que escrevia :)
    Gosto do seu prato. A história que conta das piteiras, fez-me também lembrar dos meus tempos de escola. Era assim mesmo!Não sabes? vais escrever x vezes para aprenderes de vez...Tão diferente hoje!!!
    Um abraço
    MariaGabela

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria Gabela
    Pois é, confesso que também já sentia saudades da nossa prosa , estas fotos tirei agora
    Como somos praticamente, digo eu da mesma idade, possivelmente eu um nadita mais velha, tivemos o mesmo tipo de educação escolar.
    é bom recordar tais tempos do passado
    Beijos
    Isabel

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas