Chávena e pires da Vista Alegre



Piada?
Ter comprado por 1 € cada, duas chávenas na feira de Setúbal.
Mais tarde na feira da Costa de Caparica, encontrei a 50 cêntimos cada os dois pratinhos.
Fiz dois conjuntos.
Adoro sobretudo a tonalidade laranja com as bolinhas e o formato.
Embora não sendo totalmente iguais, as asas são diferentes.

Comentários

  1. Olá Isa
    Adorei a chávena das bolinhas.Quanto ao vidros da Vista Alegre, desconhecia a sua existência. Como os identifica? Estão marcados?
    Num dos seus post interroga-se se determinada peça será porcelana do Brasil.No interessantíssimo site
    http://www.porcelanabrasil.com.br/p-15.htm, fazem referencia à porcelana de Mauá.Talvez esclareça alguma das suas dúvidas.
    Outro dia esqueci-me completamente de deixar o nome do meu blogue, aqui vai ele: www.ascoisasdequeeugosto.blogspot.com
    Apareça por lá. Uma boa semana de trabalho
    Maria Gabela

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria Gabela

    Obrigada pelo seu comentário.
    De facto a chávena é lindissima.
    Quanto aos vidros da Vista Alegre, uma das formas de os identificar é um dia destes visitar uma exposição de peças para leilão, ali no palácio Sottomayor na Fontes Pereira de Melo.
    Não estão marcados. São de vidro grosso, trabalhado, muito ao jeito de cálices.

    Neste blog tenho um cálice e pratinho, que foram pertença de uma das minhas avós, que servia em casa dos meus pais no dia de Páscoa para a visita pascal. Enchia-se de água benta e punha-se um raminho de oliveira.
    Há anos, que quando ocasionalmente os vou encontrando nas feiras, os vendedores por total desconhecimento, vendem-nos baratos.

    Há anos, o Prof Hermano Saraiva fez uma exposição de velharias numa grande sala da Caixa Geral de Depósitos na Avª João XXI. Ouvia rádio, quando falavam dela. Aí saltei da cama e lá fui com o meu marido. Adorámos. Tantos objectos iguais aos que faziam parte da nossa meninice. Também lá havia um copo igual ao meu da Vista Alegre, que ele tão eloquentemente falou, explicando a história tal como a contei nos inícios de 1824.

    Bem haja, e comente sempre

    Beijos e boa semana de trabalho
    Isabel

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas